Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A nómada gulosa

Um blog de crónicas viajeiras e com tendências epicuristas

A nómada gulosa

Um blog de crónicas viajeiras e com tendências epicuristas

O isco e engodo do Peixola

Um restaurante que só serve peixe? Count me in! Fica entre o Cais do Sodré e o Chiado, na Rua de Alecrim e à volta deste balcão (não há mesas), desfilam as entradas, os tártaros e ceviches, assim como opções mais robustas, digamos assim, sob a designação de «peixe graúdo».

 

1.jpg

2.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A escolha da noite recaiu no pica-pau de atum com soja, gengibre e chips, nos ceviches de atum com pepino doce, crocante de quinoa e batata-doce e de peixe branco, cebola roxa e abacate bem como nos tacos de camarão.

O pica-pau revelou-se uma excelente surpresa, com um atum macio e aveludado, cozinhado no ponto certo e que em nada fica atrás do clássico pica-pau. Outro eleito da noite foi o ceviche de peixe branco, com um pampo de qualidade, temperado q.b., fresco e cítrico. 10 points. Os tacos de camarão mostraram textura e frescura com um subtil picante que se envolvia no crocante da cobertura.

 

4.jpg

3.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A carta de bebidas destaca-se pela oferta de runs. A experimentar na próxima incursão, até porque a banda sonora do Peixola convida a bebericar um cocktail à base daquela bebida num final de tarde/princípio de noite.