Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A nómada gulosa

Um blog de crónicas viajeiras e com tendências epicuristas

A nómada gulosa

Um blog de crónicas viajeiras e com tendências epicuristas

Uma Sociedade à volta da boa mesa

Fim-de-semana solarengo. Brisa suave. Céu com azul de Verão. O postal perfeito que convidava ir até à Parede e conhecer a Sociedade que se instalou nos finais de 2014 no edifício da SMUP (Sociedade Musical União Paredense), instituição com pergaminhos na Parede.

Espaço de decoração simples, com ambiente familiar (em parte devido à memorabilia de tempos idos) onde nas mesas com tampo de mármore se serve uma cozinha de petiscos tradicionais e pratos de inspiração mediterrânica.

1.jpg

2.jpg

3.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sendo o couvert disponível um clássico, nem por isso se pode deixar de louvar a qualidade do pão, a manteiga caseira e as azeitonas temperadas no ponto.

A opção recaiu nos 5 pratos de peixe e de carne que são propostos, tendo sido eleito o espadarte com xarém de coentros e o leitão acompanhado de puré de cenoura e do coração de alface ligeiramente grelhado. O espadarte pode ser um peixe ligeiramente seco, mas o xarém, com os coentros incorporados, ajudou a torná-lo menos ressequido. Aliás, o xarém é servido aqui sob a forma de grãos de milho quebrados, ao invés do que sucede no Algarve em que é feito a partir de farinha de milho. O sabor é idêntico, mas a textura dos grãos partidos torna o prato muito mais interessante.

 

4.jpg5.jpg6.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por sua vez, o leitão encontrava-se cozinhado na perfeição: macio, húmido no seu interior e crocante no exterior.

A carta de vinhos, de fazer corar muito estabelecimento por aí, é extensa, cuidada e variada, sendo propostas algumas opções a copo.

No capítulo das sobremesas, pudim de noz e uma trilogia de chocolate e cacau (salame, mousse e gelado) foram os alvos da gula. O pudim, de sabor suave, estava húmido. Uma delícia. Quanto à outra sobremesa, nunca se pode dizer que é demasiado chocolate ou cacau!

7.jpg8.jpg

 

 

Enfim, a Sociedade merece mais do que uma visita só. A carta mais petisqueira, digamos assim, é todo um programa: ovos e espargos verdes, alheira, maçã e ovo, pato e vinagre balsâmico, bacalhau com beterraba e coentros, etc, pelo que, o regresso estará para breve.

 

 

 

http://sociedadecaferestaurante.pt/